Sistemas de compensação de posição em máquinas de usinagem CNC

Um bom controle CNC possui no mínimo três sistemas de compensação de posição ou de "setagem", sendo que via de regra um é mandatório ao outro, por exemplo:

1) Sistema de trabalho (Work System Compensation), toda máquina CNC em geral tem seu zero fixo ou aquilo que chamam comumente de "Grid", às vezes precisamos posicionar dispositivos ou peças usando-se de referências que não sejam os tais zeros fixos, desta forma precisaremos abrir mão deste tipo de "setagem" ou seja, identifica-se uma posição conhecida onde possa ser considerado o novo ponto de origem. E ali faz se atuar a nova referência geralmente por intermédio de um G92 e esta nova configuração, ou seja, este novo ponto zero só será desabilitado por um G28. Uma outra forma de se implementar isto na máquina CNC, é pelas setagens que os operadores de máquinas fazem ao posicionar a máquina em uma nova posição e ali chamar do novo 0,0,0, veja figura abaixo:

Na figura acima o Código G92 está dizendo que a partir deste ponto as referencias de coordenadas estarão a 500 mm na direção de X e 400 mm na direção de Ya partir do (0,0,0) fixo da máquina.

2) Em um nível abaixo do sistema de trabalho, podemos ter o que chamam de sistema peça (Part System Conpensation), este é muito usado quando se faz programação manual (MDI manual data input), pois o programador pode sempre recorrer a pontos conhecidos de onde partem certas cotas na peça no sentido de facilitar os cálculos, este sistema peça pode ser definido em varias posições usando-se em geral do G54 a G59 e cancelado pelo G53, quando o G53 é acionado no sentido de desabilitar os sistemas peça, se houver um G92 ativo este ainda será mandatório e a máquina não assumira coordenadas do zero máquina, veja a figura abaixo.


Na figura acima o Código G54 está dizendo que a partir deste ponto as referencias de coordenadas estarão a 150 mm na direção de X e 100 mm na direção de Y a partir do (0,0,0) do G92..

3) Em nível inferior ainda, porém não de menor importância os sistemas de compensação da ferramenta (Tool System Compensation), são dois que agem em conjunto ou não, um que compensa o raio da ferramenta e o outro o comprimento. Em geral para compensação do raio temos o G41 que compensa a ferramenta quando ela corta pela esquerda e G42 pra quando ela corta pela direita para desconsiderar as compensações de raio devemos usar o G40; Com relação ao comprimento da ferramenta usaremos G43 que irá compensar a ferramenta no sentido positivo do comprimento enquanto que o G44 no sentido negativo do comprimento, ao se desabilitar os códigos de compensação de ferramenta estaremos ainda sob domínio das compensações de peça se este existir e assim também em relação ao sistema de trabalho; veja as figuras abaixo.



Compensação do raio.

Compensação do comprimento da ferramenta.

 

Para muitas pessoas isso pode parecer muito simples de se entender, porém é comum termos confusões sobre estas informações mesmo entre pessoas com muita experiência em máquinas CNC, pois em geral não se explica a hierarquia nem a lógica de cada um destes sistemas nesta forma.
Existem ainda outras formas de compensação, usada em máquinas CNC de usinagem, como compensação de rotação ou rototranslação, porém são casos mais complexos que serão considerados em ocasião mais oportuna.

Home | Fale Conosco | Histórico | Artigos | Links | Downloads | Tutoriais & Vídeos | Classificados

Copyright © 2008 - Mundo CNC - Todos Direitos Reservados.